top of page

A importância e os desafios dos Conselhos de Turismo

Atualizado: 5 de fev. de 2022

Esse é sempre um assunto que coloco na pauta para qualquer trabalho que envolvam as atividades turísticas, seja uma consultoria ou atualização de Pdtur. Acredito muito na importância dos Conselhos, e por isso primeiro vamos entender "o que é" e  "para o que" ele convém.


Conselho pra que?


Um conselho gestor é um canal de participação, que contribui e permite estabelecer uma relação e maior aproximação do Poder Público com a Sociedade Civil.

A importância está no seu papel de motivar, influenciar, monitorar, avaliar e apoiar na formulação e implementação de politicas públicas fortalecendo a atividade em destinos turísticos. 

Para alguns estados brasileiros, como é o caso de São Paulo, o reconhecimento de um município como turístico e a inclusão nas políticas de turismo depende da existência e atuação continuada do Comtur. Inclusive para concorrer a uma vaga no seleto grupo de Município de Interesse Turístico-MIT, a fim angariar recursos do Fundo de Melhoria das Estâncias para municípios de todo o Estado de SP é fundamental um Conselho ativo, frequente e que seja composto por no mínimo 2/3 pela iniciativa Privada, inclusive o Presidente.


E os desafios...


No entanto, quem é atuante dessa área, sabe as dificuldades enfrentadas para manter a união e o diálogo dos envolvidos. São muitos desafios e aqui destaco alguns baseados em experiências pessoais:

  • Baixa representatividade de diferentes setores do turismo na composição de um conselho;

  • Seleção de membros por afinidade e desprezo pelo setor que atua;

  • Baixo engajamento dos membros do conselho nas reuniões e encontros;

  • Influências políticas e pessoais interferem diretamente no funcionamento do conselho, inclusive nas escolhas de membros por posições e cargos; 

  • A descontinuidade das propostas e projetos desmotivam a participação em geral;

  • Ausência de programas que sensibilize os próprios membros do conselho a respeito das atividades que envolvam o turismo;

  •  Carência de monitoramento dos encaminhamentos propostos durante as reuniões;

  • Baixa organização e pouco planejamento para as reuniões;

  • Desinteresse por pautas competentes derivada por atores do setor;


Esses são apenas alguns dos desafios enfrentados pelos conselhos, mas sempre digo: existe alternativas de reverter esse cenário, basta planejamento adequado e um pouco de flexibilidade e compreensão pela complexidade do colegiado.


O setor turístico é altamente dependente da união das forças do Poder Público, Iniciativa Privada e Sociedade Civil. A criação de um Conselho Municipal de Turismo é peça chave para o desenvolvimento do turismo e da construção de políticas públicas eficientes, baseadas em necessidades e experiências vividas pelo empresario e munícipe da cidade, por essas e outras sempre dou destaque a união do trade turístico.


Breve farei um conteúdo sobre como melhorar a gestão e o engajamento de um COMTUR, pra isso, acompanhe e salve nos seus FAVORITOS essa página e compartilhe com amigos!

 

Seu comentário é tão importante! Traga suas dúvidas e questionamentos, terei o imenso prazer em respondê-las!


O Login é bem rapidinho e você faz uma única vez.

 

Foi útil pra você esse conteúdo? Então compartilhe as suas redes socais,


Comments


bottom of page